Meus livros!

25 maio 2012

Para publicar é preciso coragem e sorte!

Para publicar é preciso insistir, mas coragem e sorte são ingredientes fundamentais. Ando as voltas com meus originais desde 2004. Nos últimos anos, conheci muitos autores pela rede. Como eu, eles não conseguiram outro caminho para publicar seus livros a não ser bancando a própria edição. Quem passou por isso, sabe que não é fácil. A novidade é o que novo nacional está ganhando espaço. Há obras nascendo, engatinhando, caminhando, maturando. Vivem em projetos idealizados ou já concretizados, mostrando que nosso país tem muito para contar. Muito a se descobrir. E uma infinidade de escritores talentosos por aí. Fazer com que sejam descobertos e o cenário mude é tarefa de todos nós. É a iniciativa de apreciar o que é nosso. Você concorda?

8 comentários:

  1. O fator sorte é um pouco mais complicado, mas ela pode ser alcançada se a insistência não perecer. Nos últimos anos, há muitos autores sendo publicados. Isso é muito bom. Neste ritmo, tenho certeza de que daqui há alguns anos teremos uma imagem mais sólida de nossa literatura nacional.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente, Bruna!!
    Os autores nacionais tem muito o que mostrar. Idéias maravilhosas, histórias maravilhosas... O bom disso é que, até que enfim, as editoras estão enxergando isso e dando o crédito devido e merecido ao autor nacional e suas qualidades indescritíveis!
    A literatura nacional tem qualidades que bancam de igual pra igual a internacional!
    E eu tive e tenho o privilégio de comprovar isso no meu dia a dia, como leitora compulsiva desde os meus 15 anos, já li de tudo (ou pelo menos de muito!) nessa vida. Ao descobrir os autores nacionais tenho autoridade para falar: SÃO BONS DEMAIS!!

    Abraços, Bruna!
    Coragem, Sorte e Sucesso!!

    ResponderExcluir
  3. Com certeza. Bruna Longobucco, além de escrever ainda nunca deixando de nos incentivar, mostrando que todo sonho é passível de realização!!!

    Livros, livros, livros...
    Histórias regionais, para isso que tmb eu nasci!
    ;D

    bjos!

    ResponderExcluir
  4. É verdade, ainda mais com o mercado editorial brasileiro do jeito que está! rsrs Bjos!!

    Bruna Fernandes

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente tenho que concordar com você, eu sempre digo que para publicar um livro você tem que ter 20% de talento e 80% de sorte, nem sempre só porque seu livro é bom vai ser publicado e claro, ter muita corajem afinal não é todo mundo que sabe fazer criticas construtivas.

    Acredito que o governo deveria incentivar um pouco a literatura nacional, quem sabe uma cota minima de publicações nacionais já não resolvesse esse nosso probleminha de sorte rs

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. Concordo sim Bruna...e como concordo!
    E o que você me diz do projeto para derrubar os direitos autorais???

    Bjussssssss

    ResponderExcluir
  7. Olá, Bruna!
    Retribuindo a visita ao meu blog e conhecendo o seu trabalho ^^
    A coisa da publicação por editoras me parece ainda mais complicada hoje em dia, e o quesito sorte tem que vir em dobro: sorte de vc SER, pelo menos, AVALIADO pela editora! Pelo que tenho percebido tanto por meus originais que são enviados quanto pelos de amigos, que somos categoricamente IGNORADOS pelas editoras, mesmo que elas digam que sempre avaliam os orginais, mesmo que demore alguns meses.
    Não, ninguém tá avaliando nada.
    Só em co-participações ou pagando integralmente a sua publicação que a resposta é quase instantânea.
    Por ora, só vou de Clube de Autores mesmo. Encarece muito o produto final, pois um livro por lá fica, em média, 50% mais caro, mas é a opção para quem não pode investir. Ao menos, seu trabalho sairá da gaveta e estará disponível para o público. E como sempre tem promoções, se consegue um valor muito próximo ao praticado no mercado formal.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  8. Passando pra te deixar um abraço!

    Bjussss

    ResponderExcluir

Comente aqui, vou adorar trocar opinião!